Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]





GELO ABACAXI E GENGIBRE

por Fernando Ramos, em 30.07.15

 

gelo-de-gengibre-elimina-ate-5-quilos-por-mes.jpg

 

Gelo de gengibre

 

Esta receita é fantástica quanto aos resultados.

E é muito prática no que se refere à utilização, pois podes usá-la como um gelado  ou como um cubo de gelo na tua bebida favorita.
O que falar do abacaxi e do gengibre em termos de acção de emagrecimento?

Os dois estão consagradíssimos como alimentos que contribuem fortemente para bons resultados em dietas que objectivam o emagrecimento.

O segredo do abacaxi é ser bastante diurético e conter poucas calorias – menos de 160 numa fatia de 100 gramas.

O abacaxi ainda auxilia a digestão e melhora a circulação.

O gengibre acelera o metabolismo, o que agiliza a queima dos excessos alimentares.

Ele sacia a fome e queima gordura localizada.

E também é perfeito para a desintoxicação do organismo, sendo considerado um poderoso anti-inflamatório, anticoagulante, antioxidante e bactericida.

O gengibre ainda apresenta propriedades terapêuticas sobre o sistema digestivo, pois estimula a libertação de enzimas que promovem o esvaziamento do estômago.

E estudos demonstraram o potencial dessa raiz para baixar o nível do colesterol.

Queres aprender a fazer o gelo de gengibre e abacaxi?

A receita está a seguir.

INGREDIENTES

 

3 chávenas (chá) de abacaxi cortados

250 ml de água

1/2 chávena (chá) de gengibre picado

MODO DE PREPARAÇÃO

Bate os ingredientes no liquidificador.

Não adiciones açúcar, adoçante ou mel.

Em seguida, coloca a bebida em formas de gelo e põe no congelador.

MODO DE USAR

Depois que congelar, usa os cubos chupando-os como se fosse um gelado ou para gelar bebidas como água, sucm e vitamina.

 

(receita da nete)

Autoria e outros dados (tags, etc)

 

Se é verdade que cometemos erros de armazenamento no frio o ano inteiro,  a verdade é que no verão eles se acentuam devido à maior necessidade de conservação da comida por causa do calor. Saiba que alimentos não deve guardar no frigorífico e as razões para tal.

 

O QUE DEVE MANTER FORA DO FRIGORÍFICO O ANO TODO

 

TOMATE

Começamos por um dos alimentos que os portugueses mais guardam erradamente no frigorífico. O tomate deve ser colocado numa fruteira, de cabeça para baixo. Se o quiser ‘’conservar’’ no frigorífico, a única coisa que fará parte da próxima salada que preparar será um fruto farinhento e sem sabor.
 


ALHO E CEBOLAS

Pois bem, esta dupla também costuma ser acomodada no frio sem necessidade. Antes de as guardar no frigorífico, saiba que as cebolas vão apodrecer mais rapidamente desta forma pois ganham humidade e amolecem. Deverão, em alternativa, ser mantidas num ambiente fresco, seco e escuro, de preferência penduradas. Se quiser aproveitar uma cebola que já está cortada e descascada, poderá colocá-la no frigorífico dentro de um recipiente fechado mas apenas por um curto período de tempo (24h no máximo). 
 

Quer saber mais?
Receba as nossas melhores dicas no seu e-mail.Registe-se no E-Konomista. Diariamente, levamos até si as melhores dicas de poupança e organização familiar.

Quanto ao alho, deve ser conservado num local fresco e seco e, como sabemos, o ambiente dentro de um frigorífico é tudo menos seco. Quando armazenado no frio, deixa de ser comestível e fica com mofo em pouquíssimo tempo, podendo a sua textura tornar-se demasiado macia e elástica. O melhor local para guardar o alho é na despensa, em sacos de papel ou recipientes de aço bem fechados - desta forma, garantimos-lhe 2 meses de alho bem conservado.
 


BANANAS, PÊSSEGOS E AMEIXAS

No que diz respeito a alimentos que não devemos guardar no frigorífico, esta trilogia é imbatível - quem nunca guardou bananas, pêssegos ou ameixas no frio, logo depois de os comprar, que atire a primeira pedra. Se adquirir estes frutos ainda verdes deixe-os fora do frigorífico até que amadureçam. Só depois de amadurecerem é que as bananas poderão passar para o frio, no entanto, o caso das ameixas e dos pêssegos, estes deverão ser mantidos na fruteira de forma a conservarem os seus nutrientes e sabor original sem que este fique adulterado. As baixas temperaturas anulam as enzimas que responsáveis pelo amadurecimento da fruta, fazendo com que a sua polpa fique pastosa e a casca escureça com mais facilidade. 

Nota: Sabia que se quiser que as bananas amadureçam mais rapidamente deve colocá-las ao lado das maçãs? Se, por outro lado, pretende um amadurecimento mais lento, não disponha estes dois frutos perto um do outro.
 


MELÃO E MELANCIA

Não se recomenda armazenar melancia ou melão inteiro no frigorífico, pois o armazenamento à temperatura ambiente ajuda a manter os níveis de antioxidantes presentes nestes frutos (licopeno e beta-caroteno), o que não acontece se os acomodar no frio. Depois de abertos, pode guardar as fatias no frigorífico mas apenas por um curto período de tempo e bem envolvidas em papel filme.


MEL

Este é outro dos alimentos que não devemos guardar no frigorífico mas que, chegado a altura de maior calor, acaba por ir parar ao frio. Embora com o tempo quente possamos ter receio que o mel num frasco já aberto acabe por se estragar, este é um medo infundado. O mel é um produto que se conserva naturalmente e que, quando preservado num local fresco e seco, dura por tempo indefinido. Se o colocar no frigorífico acabará por cristalizar o açúcar e alterar a sua consistência. Mas se, por outro lado, guarda geleias ou compotas no frigorífico depois de abertas saiba que está a fazer o mais correto!

 

CONSERVAS

No geral, qualquer alimento em lata. Conservas, patés ou salsichas não devem, de forma alguma, ser guardados no frigorífico depois de abertos, pois no momento de abertura da lata rompe-se um verniz que dela faz parte e que pode entrar em contacto com o alimento, adulterando o seu sabor e textura. O ideal é guardá-los no frio, sim, mas em recipientes de vidro ou cerâmica e por um curto espaço de tempo.

Autoria e outros dados (tags, etc)


RINS - HORA CERTA DE BEBER AGUA

por Fernando Ramos, em 28.07.15

r.jpg

 

 

ENTENDA SEU RIM - ÁGUA & CERVEJA !!! BEBA CORRETAMENTE !!!!

A HORA CORRETA PARA TOMAR ÁGUA

Você vai ao bar ou a uma festa e bebe uma cerveja.
Bebe a segunda cerveja. A terceira e assim por diante.
O teu estômago manda uma mensagem pro teu cérebro dizendo "Caracas véio... o cara tá bebendo muito liquido, tô cheião!!!"
Teu estômago e teu cérebro não distinguem que tipo de líquido está sendo ingerido, ele sabe apenas que "é líquido".
Quando o cérebro recebe essa mensagem ele diz: "Caraca, o cara tá maluco!!!"E manda a seguinte mensagem para os Rins "Meu, filtra o máximo de sangue que tu puderes, o cara aí tá maluco e tá bebendo muito líquido, vamo botar isso tudo pra fora" e o RIM começa a fazer até hora extra e filtra muito sangue e enche rápido.
Daí vem a primeira corrida ao banheiro. Se você notar, esse 1º xixi é com a cor normal, meio amarelado, porque além de água, vem as impurezas do sangue.
O RIM aliviou a vida do estômago, mas você continua bebendo e o estômago manda outra mensagem pro CÉREBRO "Cara, ele não pára, socorro!!!" e o CÉREBRO manda outra mensagem pro RIM "Véio, estica a baladeira, manda ver aí na filtragem!!!"
O RIM filtra feito um louco, só q agora, o q ele expulsa não é o álcool, ele manda pra bexiga apenas ÁGUA (o líquido precioso do corpo). Por isso que as mijadas seguintes são transparentes, porque é água. E quanto mais você continua bebendo, mais o organismo joga água pra fora e o teor de álcool no organismo aumenta e você fica mais"bunitim".
Chega uma hora que você tá com o teor alcoólico tão alto que teu CÉREBRO desliga você. Essa é a hora que você desmaia... dorme... capota...
Ele faz isso porque pensa "Meu, o cara tá a fim de se matar, tá bebendo veneno pro corpo, vou apagar esse doido pra ver se assim ele pára de beber e a gente tenta expulsar esse álcool do corpo dele"
Enquanto você está lá, apagado (sem dono), o CÉREBRO dá a seguinte ordem pro sangue "Bicho, apaguei o cara, agora a gente tem que tirar esse veneno do corpo dele. O plano é o seguinte, como a gente está com o nível de água muito baixo, passa em todos os órgãos e tira a água deles e assim a gente consegue jogar esse veneno fora".
O SANGUE é como se fosse o Boy do corpo. E como um bom Boy, ele obedece as ordens direitinho e por isso começa a retirar água de todos os órgãos. Como o CÉREBRO é constituído de 75% de água, ele é o que mais sofre com essa "ordem" e daí vêm as terríveis dores de cabeça da ressaca. Então, sei que na hora a gente nem pensa nisso, mas quando forem beber, bebam de meia em meia hora um copo d'água, porque na medida que você mija, já repõe a água. Sabia que...
... tomar água na hora correta maximiza os cuidados no corpo humano?2 copos de água depois de acordar ajuda a ativar os órgãos internos.
1 copo de água 30 minutos antes de comer ajuda na digestão.
1 copo de água antes de tomar banho ajuda a baixar a pressão sanguínea.
1 copo de água antes de ir dormir evita ataques do coração.
Por favor, passe esta mensagem para as pessoas que estima...

 

Mirella Maria Hespanhol com Sandro Luiz Dos Santos

Autoria e outros dados (tags, etc)


VOZ

por Fernando Ramos, em 28.07.15

 

A dificuldade para falar e a rouquidão são sintomas comuns de problemas nas cordas vocais, que pode ser tratada com o repouso da voz e beber bastante água para manter a garganta devidamente hidratada. Algumas boas dicas que podem ser úteis são: comer maçã e beber o chá de cascas de romã.
Saiba mais em: http://www.tuasaude.com/cordas-vocais-inflamadas/

Autoria e outros dados (tags, etc)


7 ALIMENTOS ANTINFLAMATÓRIOS

por Fernando Ramos, em 27.07.15

 

ALIMENTOS-ANTI-INFLAMATÓRIOS.png

 

7 ALIMENTOS ANTI-INFLAMATÓRIOS

A inflamação crónica é, segundo vários estudos, provavelmente a maior causa a médio e longo prazo de vários tipos de doenças graves, nomeadamente cancro. É cada vez mais concensual na classe científica que uma das fontes de saúde e longevidade é o combate diário à inflamação.

Quando o organismo é alvo de uma infeção causada por fatores externos (bactérias, vírus, parasitas, entre outros), o sistema imunológico desencadeia um processo inflamatório, ou inflamação, como resposta natural do organismo, e que tem como objetivo destruir os agentes agressores.

No entanto, se a reacção anti-inflamatória for demasiado agressiva ou se a inflamação persistir por mais de três meses trata-se então de uma inflamação crónica (como a artrite reumatoide ou a tuberculose) e os seus sintomas nem sempre são muito específicos ou visíveis. Além do habitual tratamento com anti-inflamatórios, uma das melhores formas de combater a inflamação crónica passa por praticar uma alimentação o mais saudável possível no dia a dia, incluindo na nossa dieta os chamados alimentos anti-inflamatórios. Também o exercício fisico, nomeadamente de curta duração mais alta intensidade, demontrou aumentar a nossa longevidade!

Alimentação que combate a inflamação

Nestes casos, os especialistas aconselham que seja adotada a tradicional dieta mediterrânica, praticada em Portugal, que inclui muitos dos alimentos cujo poder anti-inflamatório está há muito provado, tais como:

Vegetais de folha verde
Azeite
Peixes gordos
Pelo contrário, alimentos como os hidratos de carbono refinados, fritos, refrigerantes, carnes vermelhas e gorduras saturadas potenciam em larga escala o aumento de peso e o aparecimento de processos inflamatórios no organismo. Estes podem, por sua vez, desencadear outras doenças como depressão, artrite ou doença de Alzheimer, entre outras.

LEIA E POR FAVOR PARTILHE O ARTIGO COMPLETO:
http://melhorsaude.org/…/07/22/7-alimentos-anti-inflamator…/

Autoria e outros dados (tags, etc)


SOPA PARA EMEGRECER

por Fernando Ramos, em 27.07.15

 

Sopa para Emagrecer

publicidade
 (Nutricionista)

Esta sopa para emagrecer também é muito boa para prisão de ventre e deve substituir uma refeição, de preferência o jantar por um período de uma a ou duas semanas, para emagrecer 2 Kg  aproximadamente.

Ingredientes 

  • 3 tomates médios;
  • 1 pimentão verde inteiro e sem sementes;
  • 3 cebolas grandes;
  • 3 cenouras médias;
  • 1 talo de alho francês;
  • 350g de repolho roxo (1/2 repolho pequeno);

Modo de preparo 

Numa panela com 2 litros de água adicione todos os ingredientes picados  e deixe cozinhar em fogo brando até a consistência dos ingredientes estar a gosto. A sopa não deverá ser passada no liquidificador e deve ser servida morna.

Beba a sopa na quantidade que desejar, mas não deve se adicionar sal ou azeite. Pode-se adicionar pimenta se desejar.

Dicas da Nutricionista para Emagrecer com esta Sopa

Esta sopa é muito nutritiva em termos de vitaminas e minerais mesmo com um valor calórico baixo, e por possuir muita fibra que tem que mastigada, esta sopa proporciona uma grande sensação de saciedade. Mas para emagrecer com esta sopa, é importante que ela esteja inserida num esquema de dieta programado de forma que a fome esteja controlada durante todo o dia.

É possível fazer esta sopa durante dois dias seguidos nas duas refeições para desintoxicar o corpo, limpando intestinos e pele, mas apenas duas ou três vezes por ano. Esta sugestão só deve ser feita em situações de saúde da pessoas que se submete, e apenas por este curto período de tempo sugerido, voltando à refeições mais completas a seguir.

Dietas muito restritivas não são saudáveis, e não costumam apresentar bons resultados a longo prazo, nem resultados duradouro, sendo sempre necessário orientação e supervisão personalizadas de um nutrólogo ou nutricionista.

Autoria e outros dados (tags, etc)


KIWIS

por Fernando Ramos, em 26.07.15

k.jpg

 

Sabiam que os kiwis têm mais vitamina C do que a laranja e esta vitamina é essencial na protecção extra contra os efeitos nocivos dos raios ultravioleta!
A vitamina C possui propriedades antioxidantes, ou seja, é capaz de eliminar os radicais livres reduzindo também os sinais de envelhecimento.

O Kiwi é portanto um bom alimento para nos ajudar a proteger dos raios UV!

Autoria e outros dados (tags, etc)


O mito do colesterol

por Fernando Ramos, em 26.07.15

co.jpg

 MANUEL PINTO COELHO

OPINIÃO

O mito do colesterol

Se o aumento da taxa de colesterol é um meio que o organismo encontra para se proteger, então baixar a sua taxa com medicamentos não parece boa ideia.

Na realidade, não só a investigação comprova que três quartos das pessoas que têm o primeiro ataque cardíaco têm níveis normais de colesterol, como estudos recentes indicam que os tratamentos, em muitas situações, acabam por ser bem mais nocivos.

Reportando-nos exclusivamente aos problemas cardiovasculares, têm-se negligenciado muitas vezes a importância dos numerosos efeitos secundários provocados pelos tratamentos para baixar o colesterol, essencialmente perda de memória, fraqueza muscular e ligamentosa, impotência sexual e diabetes tipo2, alterações digestivas e hepáticas, dores de cabeça, edemas, vertigens, alterações cognitivas e alergias cutâneas.

No caso das estatinas, drogas que bloqueiam, no fígado, a enzima responsável pela produção do colesterol, essencial para a nossa sobrevivência, talvez nos dias que correm os medicamentos que mais se vendem em todo o mundo, utilizadas para baixar o colesterol total e a fracção LDL do colesterol, (sendo que este último, embora não seja mais que um transportador do colesterol do fígado, onde ele é fabricado, para os tecidos que dele têm necessidade é considerado ridiculamente “mau colesterol”, em contraponto com a fracção HDL, considerada “bom colesterol”, outro mero transportador do mesmo colesterol, dos tecidos que o utilizaram, para o fígado - a sua central de fabrico e reciclagem), o risco de diabetes e obesidade resultante da sua toma foi ainda há pouco tempo denunciado pela comunidade científica.

Assim, em Março de 2012 a Agência Europeia do Medicamentos (EMA) reconheceu a gravidade do efeito diabetogénico das estatinas e recomendou aos laboratórios que os seus efeitos secundários passem a ser claramente anotados nas normas de utilização, norma que, parece, nem sempre cumprida.

Mas não é tudo. Começa a aparecer cada vez mais evidência mostrando que as estatinas pioram também a saúde cardíaca, revelando não só que não seguras como também não são muito eficazes. Um estudo recentemente publicado, revelou, em contraste com o aquilo que é hoje comummente aceite (a redução do colesterol com estatinas diminuem a arterioesclerose), que estas drogas podem, pelo contrário, estimular a arteriosclerose e a insuficiência cardíaca(Expert Review of Clinical Pharmacology.2015 Mar;8(2):189-99).

Alguns mecanismos fisiológicos discutidos no estudo mostraram que as estatinas podem piorar a saúde do coração de várias formas:

- Inibindo a função da vitamina K2, necessária para proteger as artérias da calcificação;

- Danificando a mitocôndria, prejudicando a produção de ATP (responsável pela energia do músculo cardíaco).

- interferindo com a produção de CoQ10, como se referirá mais adiante;

- O mesmo com proteínas contendo selénium, tais como a glutationa peroxidase, cruciais para prevenir o dano oxidativo do tecido muscular.

Considerando todos estes riscos, os autores concluíram que “as epidemias da insuficiência cardíaca e arteriosclerose, quais pragas do mundo moderno, podem ser paradoxalmente agravadas pelo uso difuso de estatinas. Nós propomos que os correntes manuais de tratamento com estatinas sejam criticamente reavaliados”.

No que diz respeito às doenças cardiovasculares, em que o colesterol teima em aparecer como o mau da fita, há uma grande incerteza sobre as suas causas e têm surgido as teorias mais contraditórias.

Sabe-se que aquilo a que se chama “placa” ateromatosa, que reduz o diâmetro das artérias, é principalmente constituída por células compostas pelo tecido muscular liso das artérias (proliferarando anormalmente), cálcio, ferro e colesterol, sendo este minoritário, funcionando como um curativo qual penso reparador do desgaste provocado pela inflamação da parede das artérias, esta sim a verdadeira má da fita nesta questão da formação da placa ateromatosa e da consequente arteriosclerose. Daí a importância do seu biomarcador – a PCR (Proteína C Reativa) – estar abaixo de 0,5. Quem o tem abaixo deste valor pode comer gorduras à vontade.

Sendo assim, se o aumento da taxa de colesterol é um meio que o organismo encontra para se proteger, então baixar a sua taxa com medicamentos, estatinas ou quaisquer outros, não parece boa ideia.

 

http://www.publico.pt/sociedade/noticia/o-mito-do-colesterol-1703151

Autoria e outros dados (tags, etc)


ORÉGANO

por Fernando Ramos, em 25.07.15

Autoria e outros dados (tags, etc)


cafe

por Fernando Ramos, em 22.07.15

cafe.jpg

 

 

Segundo têm apontado vários estudos, o café melhora a memória, o humor, a saúde cardiovascular e até reduz o risco de sofrer de diabetes, sublinha o El Confidencial!

E quantos já beberam hoje?

Autoria e outros dados (tags, etc)

Pág. 1/3



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos