Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]





Cinco alimentos que fazem bem para o coração

por Fernando Ramos, em 28.03.14

 

Vinho está na lista, mas deve ser consumido com moderação

Por Renata Demôro

Para levar uma vida saudável é preciso praticar atividades físicas e equilibrar a dieta. Estudos recentes revelam que escolher o que é colocado no prato pode reduzir o risco de desenvolver doenças do coração. A seguir, saiba o que não pode faltar na sua alimentação para evitar problemas cardiovasculares:


  •  Vinho
    A primeira dica é beber com moderação: “uma taça ao dia é suficiente para obter o que o vinho tem de melhor, mas o suco de uva integral também é benéfico para a saúde coração”, recomenda a médica ortomolecular Anna Bordini. De acordo com a nutróloga Liliane Oppermann, “ a bebida é fonte de resveratrol, um antioxidante que inibe a agregação de plaquetas, prevenindo o surgimento de arteriosclerose e trombose”.

    Vinho sem álcool tem os mesmo benefícios para o coração do que a versão clássica
    Castanhas

    De acordo com Anna Bordini, “nozes, amêndoas e castanha-do-pará são ricas em ômega-3, que atua como um anti-inflamatório natural nos vasos sanguíneos e reduz os triglicérides, prevenindo o desenvolvimento de doenças cardíacas. Fonte de cálcio, magnésio, fósforo, selênio e vitaminas B e E, as oleaginosas também controlam a formação de radicais livres e melhoram o funcionamento da tireoide. Para aproveitar os benefícios, consuma, diariamente, uma castanha-do-pará, duas nozes ou quatro amêndoas”. 

    Entenda a importância de consumir alimentos funcionais
    Azeite extravirgem

    O azeite de oliva extravirgem diminui o colesterol total e eleva as taxas do bom colesterol (HDL) no sangue. “Este alimento é rico em ácidos graxos monoinsaturados, que diminuem a agregação plaquetária e previnem o surgimento de coágulos sanguíneos e placas na parede dos vasos”, diz a ortomolecular Anna Bordini. Para aproveitar tudo que o azeite tem de bom, a médica recomenda o consumo de duas colheres de sopa diárias. 

    Gordura do bem: entenda a importância e faça as pazes com ela
    Peixes de águas geladas

    “Peixes de águas geladas, como salmão, atum, sardinha e truta, são ricos em ômega-3, capaz de controlar a pressão sanguínea e prevenir o desenvolvimento de arteriosclerose, que provoca o endurecimento das artérias”, explica Anna. Para a nutróloga Liliane Oppermann, “se você quer melhorar a concentração do mau colesterol (LDL) no sangue e reduzir a inflamação nos vasos sanguíneos, consuma 100 g destes peixes, no mínimo, duas vezes na semana. Se preferir, você pode consumir 1 g de suplemento de óleo de peixe, todos os dias”.  

    Veja seis alimentos que diminuem o colesterol
    Cebola

    Segundo Anna Bordini, “a cebola tem grande poder anti-inflamatório e bactericida. É rica em vitaminas do complexo B e vitamina C, além de conter flavonoides com propriedades antioxidantes, que protegem a função cardíaca e reduzem o teor de gordura no sangue, minimizando o risco de trombose e aterosclerose”. O ideal é adicionar a cebola a pratos quentes e saladas, completando 100g do alimento por dia. 

    Veja dez alimentos que turbinam a imunidade

Autoria e outros dados (tags, etc)



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos