Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]





PRÓSTATA AUMENTADA

por Fernando Ramos, em 16.07.16

A próstata aumentada, cientificamente chamada de hiperplasia prostática benigna, é comum nos homens acima dos 50 anos de idade. Ela não causa infertilidade, não é câncer e não aumenta as chances de desenvolver o câncer de próstata, mas precisa ser tratada. Veja como é o tratamento em:http://www.tuasaude.com/prostata-aumentada/
Próstata aumentada

A próstata aumentada, cientificamente chamada de hiperplasia prostática benigna, é comum nos homens acima dos 50 anos de idade e gera sintomas como dificuldade ao urinar e pode ser tratada com a toma de remédios para próstata ou cirurgia.

A próstata aumentada não causa infertilidade, não é câncer e não aumenta as chances de desenvolver o câncer de próstata. 

Sintomas da próstata aumentada 

Os sintomas da próstata aumentada geralmente incluem:

  • Dor ao urinar;
  • Incontinência urinária;
  • Dificuldade para urinar;
  • Vontade repentina de urinar;
  • Fluxo da urina mais lento e mais fraco;
  • Necessidade de fazer força para urinar;
  • Aumento da vontade de urinar durante a noite;
  • Presença de gotas de xixi na roupa íntima após urinar.

A próstata aumentada geralmente é causada pelo processo natural do envelhecimento e o seu diagnóstico pode ser feito através do exame toque retal e através da avaliação dos resultados do PSA sanguíneo, solicitado pelo médico.

O melhor médico para diagnosticar e tratar a próstata aumentada é o urologista.

Tratamento para próstata aumentada

O tratamento para próstata aumentada depende da gravidade da doença mas pode ser baseado na observação da evolução do problema, na toma de medicamentos ou cirurgia.

Nos casos mais leves, o médico poderá indicar que o paciente tenha alguns cuidados como: 

  • Reduzir o estresse.;
  • Urinar sempre que tiver vontade;
  • Evitar o consumo de bebidas alcoólicas e de cafeína;
  • Evitar beber muitos líquidos de uma só vez e antes de dormir;
  • Evitar medicamentos descongestionantes e anti-histamínicos;
  • Fazer exercícios físicos e fisioterapia para fortalecer os músculos pélvicos e
  • A partir dos 50 anos, fazer todos os anos o exame da próstata.

Alguns exemplos de remédios para próstata aumentada são:

  • Alfa-bloqueadores como doxazosina, prazosina, tansulosina, terazosina e alfuzosina: ajudam a relaxar os músculos da próstata, facilitando o ato de urinar;
  • Finasterida (Proscar): reduz os hormônios masculinos e diminui o tamanho da próstata, mas pode causar impotência;
  • Antibióticos: nos casos de inflamação da próstata associada ao aumento da próstata.

cirurgia de próstata está indicada nos casos mais graves, tendo como opções:

  • Prostatectomia simples: é retirada a parte interna da próstata através de uma cirurgia abdominal;
  • Ressecção transuretral de próstata: é a cirurgia mais comum, onde é introduzido um aparelho pela uretra, através da genitália masculina e a próstata é removida em partes;
  • Incisão transuretral de próstata: onde é inserido um aparelho pela genitália masculina até a próstata e é feito um pequeno corte na próstata para aumentar a abertura da uretra, facilitando a saída da urina.

Geralmente a cirurgia da próstata é eficaz mas só deve ser realizada em último caso se os outros tratamentos não alcançarem a cura da doença.

Link útil:

Mais sobre este assunto

PSA

Compartilhar no Facebook
 
publicidade
 (Ginecologista)

O PSA - Antígeno Prostático Específico é um exame que serve para diagnosticar alterações na próstata como prostatite, câncer de próstata e:

  • Hipertrofia prostática benigna;
  • Retenção de urina aguda;
  • Biópsia prostática por agulha e
  • Ressecção trans-uretral da próstata.

Uma alteração nos valores de PSA no sangue não determina se o indivíduo está com câncer de próstata ou não pois a cada 10 indivíduos com câncer de próstata, 4 apresentam valores de PSA normais. Para ter certeza do diagnóstico de câncer prostático o exame do toque retal e a biópsia da próstata são os mais indicados.

Valores do exame PSA

  Idade Valores normais
Brancos
  • 40 a 49
  • 50 a 59
  • 60 a 69
  • 70 a 79
  • de 0,0 até 2,5
  • de 0,0 até 3,5
  • de 0,0 até 4,5
  • de 0,0 até 6,5
Negros
  • 40 a 49
  • 50 a 59
  • 60 a 69
  • 70 a 79
  • de 0,0 até 2
  • de 0,0 até 4
  • de 0,0 até 4,5
  • de 0,0 até 5,5
Amarelos
  • 40 a 49
  • 50 a 59
  • 60 a 69
  • 70 a 79
  • de 0,0 até 2
  • de 0,0 até 3
  • de 0,0 até 4
  • de 0,0 até 5

 

Qualquer alteração nestes valores podem indicar a necessidade de repetição do exame.

Autoria e outros dados (tags, etc)


1 comentário

Sem imagem de perfil

De Sandra helena morais de oliveira a 03.09.2017 às 13:52

Meu marido está com a hiperplasia prostática benigna! Está usando o medicamento cobomdart 1 x a noite. A pista muita aumentada.. tem uma alimentação ervas que possa ajudar.. obrigada aguardo ajuda.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2017
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2016
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2015
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2014
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2013
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D



Favoritos